Veja como não existe debate político verdadeiro se não há espaço para a direita e os conservadores na grande mídia, no segmento editorial e na vida acadêmica brasileira. E como começa a ser quebrada esta nefasta hegemonia com o advento das mídias sociais e a propensão brasileira para a interação e comunicação. E compartilhe!

Deixe uma resposta