Se em sua própria profissão de professor universitário, Fernando Haddad é desmoralizado como intelectual, imagine como político e candidato a primeira magistratura do país. Como admitir esta descarada farsa de prometer uma guinada ao centro se sua crença pessoal é pela ideologia esquerdista derrotada e ultrapassada em todo o mundo? A quem pretende enganar?

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.