Veja o comentário de Bernardo Kunster sobre a necessidade de priorização do ensino fundamental como a mais correta política de educação pública. O resto são as lamúrias e os minimis de sempre de esquerdopatas viciados em privilégios e indolência das universidades públicas improdutivas e ineficientes entre suas congêneres em todo mundo ocidental!

Deixe uma resposta