O país visto das redes Aos amigos das redes sociais, que insistem na insana busca de uma terceira via, tento explicar no privado que, lamentavelmente, não existe esta opção    Por Jorge Maranhão23 de Abril de 2021 às 15:07   | Mestre em filosofia pela UFRJ, dirige o Instituto de Cultura de Cidadania A Voz do Cidadão e…

Leia Mais

O Brasil se encontra há mais de um século numa encruzilhada cultural entre avançar para o iluminismo ou permanecer no barroquismo. Para ser preciso, com o golpe da República, passamos a achar que golpes valiam a pena, e nos persuadimos por décadas seguidas em seus correlatos jeitinhos, manobras, pastiches, puxadinhos e acochambramentos que caracterizam a…

Leia Mais

São Sebastião e a Cachaça, por Reinaldo Paes Barreto Do Diário de Petrópolis https://www.diariodepetropolis.com.br/integra/reinaldo-paes-barreto-sao-sebastiao-e-a-cachaca-161018?fbclid=IwAR3nG1Lc2vcix0qewBRlDqHUfYYDOhVSS-EluJYEj0NkC9slNhH3itYBHGQ Rio, 20 de janeiro de 2019. Não, não consta que São Sebastião bebesse cachaça. Já os portugueses… Bem, a estória é a seguinte: há 452 anos, em 20 de janeiro de 1567, os portugueses Mem de Sá, (nascido em Coimbra) e…

Leia Mais

 Os analistas políticos observam os fatos políticos tout court e têm enorme dificuldade em perceber sob os mesmos os fenômenos culturais. Como por exemplo a decisão de extinguir o Ministério da Cultura e a mesma ameaça feita a EBC pelo presidente eleito. Talvez pelo vício de restringir a cultura às suas meras expressões artísticas, intelectuais, folclóricas ou…

Leia Mais

Atenção sobretudo à importância que ele dá ao modernismo como movimento de integração social brasileira, mas que foi, a nosso ver, para além de integração de classes sociais, a integração de movimentos como o romantismo e também o barroquismo. Por ocasião do Flipoços, podemos ressaltar a importância de nossos grandes barrocos modernistas como Guimarães Rosa,…

Leia Mais

O que vemos no Brasil é um grande embate entre duas grandes tradições culturais do Ocidente, o iluminismo e o barroquismo, por não conseguirmos reunir verdadeiras elites para empreender, enfim, a mudança do paradigma cultural da vã retórica populista para a ordem da razão no trato da coisa pública. Por Jorge Maranhão – 24 de Novembro de 2018…

Leia Mais

Se a baixa cultura esquerdista continuar no poder seremos condenados a uma inevitável regressão civilizatória. Pois cultivar os registros e a memória do passado significa tão simplesmente evoluir enquanto civilização. Como desde os homens das cavernas se entende agora as motivações das inscrições rupestres: documentar a vida para prosseguir a partir das experiências vividas. Por…

Leia Mais
Imprensa – No terceiro programa do Painel WW, William Waack investiga a nossa cultura de privilégio

É evidente que a cultura do privilégio existe e deve ser sempre combatida. Não apenas no Brasil, mas sobretudo em países que mantem a legitimação dos privilégios de determinadas castas ou segmentos sociais, como a Inglaterra, por exemplo, que ninguém duvida de que seja uma das democracias mais sólidas do mundo. Mas a diferença é…

Leia Mais

2º Ciclo | Caetano Veloso: Londres e São Paulo Academia Brasileira de Letras Publicado em 5 de abr de 2018 Ciclo de Conferências “As cidades dos poetas” Conferência: “Caetano Veloso: Londres e São Paulo” Coordenação: Antonio Carlos Secchin Palestrante: Antonio Carlos Secchin Data: 03/04/2018 Post Views: 559

Leia Mais