Como tenho defendido e aprofundo tanto no livro como nas palestras e curso de cidadania política de nosso Instituto de Cultura de Cidadania A Voz do Cidadão, não conseguiremos superar nosso impasse civilizatório de retomar o crescimento e a prosperidade de empresas e cidadãos se não enfrentarmos a questão da cultura. É falácia barroquista afirmar a priori que cultura não se muda. Não temos visto outra coisa no Brasil do que uma vasta transformação cultural no país. Basta lembrar que se alguém dissesse há alguns anos atrás que Lula iria para a cadeia, para não falar em outros que o sucederam, ninguém daria o menor crédito.

Se não aprofundarmos o entendimento de nossas raízes barroquistas não superaremos nosso impasse que não se limita a questões singulares do campo econômico, social ou político. Como se diz no popular: – o buraco é mais embaixo!

Visite https://www.youtube.com/watch?v=vEYV4y51NqI

 

Deixe uma resposta