A NAÇÃO DEU UM AVISO

General Luiz Eduardo Rocha Paiva

1.Ao Presidente:

que prossiga na senda da integridade e da ética, mas que compreenda que muitos não foram às ruas como bolsonaristas e sim como patriotas, para defender as bandeiras das mudanças inadiáveis para o Brasil.

  1. Aos brasileiros:

Que nossa lealdade não será para com partidos, homens ou qualquer organização, mas sim para com o Brasil.

  1. Aos infelizes políticos e seus desacreditados partidos.

Que não tentem sabotar o governo e as reformas, para preservar seus privilégios imorais e seu ilegítimo poder. A paciência tem limites.

  1. À esquerda marxista.

que o combate à essa ideologia liberticida, amoral e apátrida será uma constante e, agora, revitalizada e ainda mais motivada.

  1. A alguns ministros do STF.

que seus dias de exacerbado e ilimitado poder vão terminar. Não tentem sabotar a Lava Jato e proteger políticos corruptos.

  1. Aos bons brasileiros.

que têm de manter a pressão nas redes sociais e mandando emails constantes aos deputados, senadores e ministros do STF, deixando claro qual o comportamento que deles se espera.

  1. Aos novos deputados e senadores.

que renovem as antigas carcomidas lideranças fisiológicas e moralmente corrompidas. Assumam o púlpito e empunhem a bandeira da recuperação moral e ética dessas Casas Legislativas. A conduta de vocês, novos deputados e senadores, tem sido tímida. A Nação quer ouvi -los falar e denunciar.

 

Se manifestações nas ruas não forem suficientes, Gandhi nos ensinou que outras formas de pressão SEM VIOLENCIA têm relevantes resultados. Bastaria reformula-las e adapta-las à nossa moda e ao nosso contexto.

PARABÉNS COMPATRIOTAS. É a Nação que mostrou querer se salvar a si mesma, sem tutela das FA e mostrando aos podres poderes que esta terra terá novos donos. Que agora ele será do cidadão que se impõe aos seus péssimos representantes.

Veja mais em http://clubemilitar.com.br/a-nacao-deu-um-aviso-gen-rocha-paiva/

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.