Não importa mesmo questões mirabolantes como estas das razões e desrazões de comparecer ou não às manifestações por parte de movimentos que se acham líderes da grande maioria dos cidadãos. Quando até o periférico MFS de Feira de Santana discorda da hegemonia do paulistano MBL é sinal de que é mera pretensão alguma parte se achar líder de todos. Ao contrário, o vídeo convocação do Movimento de Feira de Santana segue explodindo nas redes com uma clara e objetiva mensagem de adesão a um governo que representa o Brasil, ou pelo menos a maioria dos brasileiros a quem todas as partes devem respeito! Compartilhe!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.