Depoimento de Mario Guerreiro, doutor em Filosofia pela UFRJ, sobre as manifestações de junho/julho, a atuação de grupos radicais e sua relação com os mais básicos valores da cidadania, como o respeito à vida, à liberdade e à propriedade.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.