Olá, cidadãos e cidadãs.

No dia 22/05, quarta-feira, foi aprovado na CCJ do Senado, em primeira votação, o PL 672/2019, que supostamente visa combater a violência e a discriminação contra a comunidade LGBT. 

No entanto, trata-se de uma armadilha, pois uma leitura atenta do texto do PL deixa claro que o objetivo é inviabilizar toda e qualquer manifestação contrária à ideologia de gênero por parte de pais e educadores. Os que o fizerem serão punidos com 1 a 3 anos de detenção.

O texto diz: 

Esta lei define os crimes resultantes de intolerância, discriminação ou preconceito de… orientação sexual ou identidade de gênero e estabelece punições para a prática desses crimes. 

Artigo 1: Serão punidos, na forma desta lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de… orientação sexual ou identidade de gênero

Artigo. 20. [Constitui crime] praticar, induzir ou incitar a intolerância, discriminação ou o preconceito de… Orientação sexual ou identidade de 
gênero.” 

Pena: reclusão de um a três anos e multa

É muito curioso… aqueles que se queixam a todo momento de qualquer política de encarceramento querem mandar para a cadeia pais e educadores que, exercendo plenamente seu direito de liberdade educacional, pretendem evitar que seus filhos e alunos sejam educados de acordo com os absurdos pressupostos da ideologia de gênero.

O que você pode fazer a respeito? 

Assine a petição para enviar um e-mail aos membros da CCJ e dizer a eles que estão sendo enganados, pois o verdadeiro objetivo do PL 672/2019 não é combater a intolerância contra homossexuais, mas perseguir os pais de família e professores que, no exercício constitucional do direito de educar seus filhos e alunos, manifestarem oposição à ideologia de gênero.

Se você ainda não assinou a campanha, clique abaixo para fazê-lo:

https://citizengo.org/pt-br/fm/170891-pl-6722019-ditadura-genero

Jorge Maranhão, por favor, compartilhe esta petição com o maior número possível de pessoas. 

Mais uma vez, muito obrigado pelo apoio.

Guilherme Ferreira e toda a equipe da CitizenGO

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.