Fazendo uma de suas resenhas habituais em seu canal, o crítico Rodrigo Gurgel nos apresenta a importância do estudo da gramática e das normas cultas da língua portuguesa, através do livro de Gladstone Chaves de Melo “Iniciação à filologia e a linguística portuguesa”. Percebam o trecho em que ele repudia os pregadores da língua falada, sem obediência às normas cultas, na minha opinião mais uma distorção de nossa renitente mentalidade barroquista.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.