*Deputado alemão do AfD, partido da cidadania alemã, ultra-moderno, recebe críticas por começar os seus discursos com “senhoras e senhores”… e não contemplar o terceiro sexo. Então, tendo retomado a palavra, veja como ficou a saudação depois das críticas…:*

Nada mais barroquista! Por que, na verdade, são todos vocativos nada mais do que variações do paradigma homem-mulher! Mas, podendo fazer uma farsa, os progressistas não hesitam ao ridículo!

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.