Oportuno por que não se trata de julgar apenas dois candidatos que se polarizam na preferência dos eleitores, mas de uma decisão histórica que devemos tomar  nestas eleições entre um novo Brasil de costumes políticos saneados pela Lava Jato e o mais do mesmo da corrupção sistêmica que tomou conta da política brasileira.

Deixe uma resposta