Como resumiu magistralmente o veterano jornalista brasileiro Alexandre Garcia, só não gostou do discurso os eleitores do Haddad. O que nos leva a conclusão obrigatória: se a extrema imprensa correu para criticar e desqualificar o discurso do presidente é por que na sua grande maioria é composta de eleitores de Haddad, o que compromete decisivamente a sua credibilidade e alegada imparcialidade. Como sempre tenho dito, o grande equívoco da maioria de nossos jornalistas é distorcer o fato pela sua alegada opinião imparcial. Como se realmente a socialdemocracia fosse de fato a mediana entre a esquerda e a direita que,de tanto chamarem de extrema direita, acabaram por rotular a si mesmos como de extrema imprensa, como são chamados nas redes sociais.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.