O senador Magno Malta, um dos líderes do movimento conservador brasileiro, não retornará mais ao Senado. Mas a sua memorável posição em polêmicos temas como a legislação sobre aborto não deixará de ser discutida na próxima legislatura, sobretudo a proposta de emendar a  Lei nº 9.605/93 que dispõe sobre o crime contra os ovos das tartarugas do projeto Tamar, acrescentando a defesa do feto contra o aborto por decisão arbitrária da mãe e a qualquer tempo do processo de gravidez. Veja seu pronunciamento na audiência pública que discute a PL 1.135/91 que legaliza o aborto.

Veja a respeito artigo do procurador e advogado de São Paulo Cícero Harada em:

http://www.portaldafamilia.org/scpainel/cart028.shtml

 

Deixe uma resposta