"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

livro

ADQUIRA O LIVRO IMPRESSO na livraria ou diretamente da editora, por R$60,00 o exemplar.

Para adquirir o e-book ou PDF, acesse digitalizabrasil.com.br

SINOPSE DO LIVRO

A torção do olhar barroco expressa nas artes plásticas desde os idos do século XVI europeu, como as retorções em nossas artes barrocas e nas figuras retóricas de nossas letras são comoventes. Como deve ser também a compaixão pelas contorções da dor psíquica e física pelo infortúnio da vicissitude humana, particularmente em nossas terras.

Todavia, as distorções entre o ver e o crer, o pensar e o agir, entre o código moral e a conduta social, entre a lei e observância da lei na vida em sociedade, sobretudo no cumprimento dos deveres cívicos e políticos entre governantes e governados, me parece uma transposição cultural desastrosa do barroco para os campos da política, da justiça, da moral e dos costumes, e que chamo de nosso resiliente barroquismo. E, se bem entendida, se abre como uma oportunidade única e objetiva de mudança para um país minimamente civilizado e razoável. A oportunidade de destorcer o Brasil como nos desfazer de suas torções, retorções, contorções e distorções.

Este bom entendimento de um novo imaginário social para o país, por parte de verdadeiras elites, da alta cultura, e, sobretudo dos produtores de conteúdo da mídia, pode ser uma oportunidade de ouro para a superação de nossa barroquista encruzilhada civilizatória.

ADQUIRIR DIRETO DO AUTOR

PARA ADQUIRIR DIRETO DO AUTOR, DEPOSITE O EQUIVALENTE A R$ 50,00 (Cinquenta reais por exemplar) na c/c de Jorge Maranhão Tavares 03105-5, agência 6220, Banco Itaú, CPF 242.908.907-68, e avise pelo whatsapp abaixo, que lhe remeterei por correios sem custos para o Rio de Janeiro e a R$ 15,00 para demais estados.

capa-livro-destorcer-o-Brasil
RELEASE DE APRESENTAÇÃO DO LIVRO

Destorcer o Brasil

Clique aqui para acessar o release de apresentação do livro enviado para jornalistas.

PARA EMPRESAS E ENTIDADES INTERESSADAS, CONTATE O WHATSAPP 21 99251-2601 PARA PALESTRAS E OFICINAS.

PALESTRA DE LANÇAMENTO DA TESE NA ACADEMIA DE LETRAS

Assista à íntegra da palestra de lançamento desta tese, proferida na Academia Brasileira de Letras em 01/11/2018.

SUA EMPRESA TAMBÉM PODE SER UMA APOIADORA PARA A DIVULGAÇÃO DA TESE DO LIVRO

Entre em contato com: jorge@avozdocidadao.com.br

livro

SINOPSE DO LIVRO

A torção do olhar barroco expressa nas artes plásticas desde os idos do século XVI europeu, como as retorções em nossas artes barrocas e nas figuras retóricas de nossas letras são comoventes. Como deve ser também a compaixão pelas contorções da dor psíquica e física pelo infortúnio da vicissitude humana, particularmente em nossas terras.

Todavia, as distorções entre o ver e o crer, o pensar e o agir, entre o código moral e a conduta social, entre a lei e observância da lei na vida em sociedade, sobretudo no cumprimento dos deveres cívicos e políticos entre governantes e governados, me parece uma transposição cultural desastrosa do barroco para os campos da política, da justiça, da moral e dos costumes, e que chamo de nosso resiliente barroquismo. E, se bem entendida, se abre como uma oportunidade única e objetiva de mudança para um país minimamente civilizado e razoável. A oportunidade de destorcer o Brasil como nos desfazer de suas torções, retorções, contorções e distorções.

Este bom entendimento de um novo imaginário social para o país, por parte de verdadeiras elites, da alta cultura, e, sobretudo dos produtores de conteúdo da mídia, pode ser uma oportunidade de ouro para a superação de nossa barroquista encruzilhada civilizatória.

ADQUIRA O LIVRO IMPRESSO na livraria ou diretamente da editora, por R$60,00 o exemplar.

Para adquirir o e-book ou PDF, acesse digitalizabrasil.com.br

ADQUIRIR DIRETO DO AUTOR

PARA ADQUIRIR DIRETO DO AUTOR, DEPOSITE O EQUIVALENTE A R$ 50,00 (Cinquenta reais por exemplar) na c/c de Jorge Maranhão Tavares 03105-5, agência 6220, Banco Itaú, CPF 242.908.907-68, e avise pelo whatsapp abaixo, que lhe remeterei por correios sem custos para o Rio de Janeiro e a R$ 15,00 para demais estados.

RELEASE DE APRESENTAÇÃO DO LIVRO

Destorcer o Brasil

Clique aqui para acessar o release de apresentação do livro enviado para jornalistas.

PARA EMPRESAS E ENTIDADES INTERESSADAS, CONTATE O WHATSAPP 21 99251-2601 PARA PALESTRAS E OFICINAS.

SUA EMPRESA TAMBÉM PODE SER UMA APOIADORA PARA A DIVULGAÇÃO DA TESE DO LIVRO

Entre em contato com: jorge@avozdocidadao.com.br

PALESTRA DE LANÇAMENTO DA TESE NA ACADEMIA DE LETRAS

Assista à íntegra da palestra de lançamento desta tese, proferida na Academia Brasileira de Letras em 01/11/2018.