Uma tentativa de transformar em pizza a mais importante e urgente reforma

Reforma eleitoral aprovada poderá representar anistia para 51 mil políticos

No início deste mês a Câmara dos Deputados aprovou o que no início se chamou de Reforma Política, mas que, aos poucos, revelou-se apenas ser mais uma enganação em cima dos cidadãos; uma tentativa de transformar em pizza o que deveria ser a mais urgente e importante reforma de nosso sistema político.

Dentre outras coisas, a reforma poderá representar uma anistia para nada mais, nada menos, que 51 mil políticos que concorreram nas eleições municipais do ano passado e não prestaram contas dos gastos de campanha, como manda a atual lei. Eles descumpriram a norma de apresentar a prestação de suas contas de campanha nos 30 dias seguintes ao pleito. Assim, boa parte correria o risco de se tornar inelegível, já que o Tribunal Superior Eleitoral entende que um candidato só pode concorrer numa eleição se tiver as contas de campanhas anteriores aprovadas. Mas, se a reforma eleitoral for confirmada no Senado da maneira que foi aprovada pelos nobres deputados, esse grupo de inadimplentes poderá se candidatar normalmente.


Clique aqui para conhecer algumas das novas regras eleitorais, direto do site da Câmara dos Deputados >>

Deixe uma resposta