Um importante canal de diálogo com os cidadãos
2º Seminário Direitos & Deveres do Consumidor de Seguros realizado ontem, 27/03, teve apoio da CNseg e Escola Nacional de Seguros
 
 
evento.jpg

O 2º Seminário Direitos & Deveres do Consumidor de Seguros foi realizado ontem, dia 27/03/2014, em Porto Alegre, na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul. Organizado pelo Instituto Nacional de Educação do Consumidor e do Cidadão (Inec), com apoio da CNseg e da Escola Nacional de Seguros, o evento contou em sua mesa de abertura com a presença da diretora-executiva da CNseg, Solange Beatriz Palheiro Mendes; do diretor-executivo da Escola Nacional de Seguros, Renato Campos Martins Filho e do presidente do Inec, José Luiz da Silva.

solange.jpg

A diretora-executiva da CNseg, Solange Beatriz, relatando as ações da Confederação em prol dos consumidores

Falando a um público de mais de 200 pessoas que lotam o auditório do FIERGS, Solange Beatriz destacou a importância do evento, que abre mais um canal de diálogo com os consumidores, ajudando a despertar a conscientização a respeito dos valores agregados aos produtos de seguro.

Em relação à atuação da CNseg, a diretora-executiva lembrou que a Confederação mantém diálogo com diversos órgão de defesa do consumidor, trabalhando na busca de melhores práticas, incentivando o mercado a oferecer treinamento para os canais de venda, além de publicar cartilhas e guias e realizar diversos seminários sobre o tema.

Solange citou, ainda, o envolvimento da CNseg na Semana Nacional de Educação Financeira, que será realizada de 5 a 9 de maio, empenhando-se  em desburocratizar o seguro, trabalhando com uma linguagem mais fácil para um melhor entendimento a respeito de seus processos e vantagens.

cechin

O diretor-executivo da FenaSaúde, José Cechin, apresentando números da saúde suplementar

Desfeita a mesa de abertura, teve início a apresentação do diretor-executivo da FenaSaúde, José Cechin, com o título de "Direitos e deveres do consumidor à luz da tendência de crescimento do custo na saúde", trazendo números do setor de saúde suplementar, que atualmente conta com 1.269 operadoras em atuação e 68,6 milhões de beneficiários. 

Cechin também destacou que, de acordo com recente pesquisa do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), 97% dos pedidos de exames e outros serviços são autorizados, negando uma crença disseminada que há um número muito alto de negativas de cobertura na saúde suplementar.

>> Confira a apresentação do diretor-executivo da FenaSaúde.

Após o almoço, teve início a palestra "As cláusulas gerais dos contratos de seguro à luz do Código de Defesa do Consumidor", quando a advogada Maria Stella Gregori, do escritório Gregori Sociedade de Advogados e consultora da CNseg afirmou que a defesa do consumidor é um direito fundamental e norteador da ordem e que, portanto, os consumidores de seguros têm o direito de ver reconhecidos os princípios garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor. O CDC, disse ainda, "é a norma de raiz constitucional e de caráter principiológico, orientando, assim, a interpretação das leis específicas e de suas regulamentações".  

Para a especialista, as relações jurídicas de seguros, previdência e capitalização devem respeitar os preceitos do CDC e suas regulamentações, em consequência, observar seus

Deixe uma resposta