Para reforçar a identidade cultural das comunidades

Rede Povos da Floresta implanta 30 Pontos de Cultura em áreas indígenas

A entidade Rede Povos da Floresta está implantando 30 Pontos de Cultura em áreas indígenas, em parceria com Funai e Ministério da Cultura, o que vai reforçar a identidade cultural das comunidades com uma forte relação com o território tradicional como parte da sua Cultura e sua organização coletiva.

Um exemplo de participação é o Centro Yorenka Ãtame, que significa Saberes da Floresta, organizado pelos Ashaninka, no Alto Juruá, Acre, fronteira do Peru.

A Rede Povos da Floresta também está estruturando o Projeto Nanapini, que busca prover sustentabilidade às comunidades a partir de serviços de reflorestamento e manutenção da floresta em pé, através da compensação de emissões de Carbono.

A entidade busca maior apoio financeiro para que as ações sejam concretizadas e a participação de todos é fundamental para que essa Rede possa se fortalecer, se ampliar e passar a contar com todos para juntos pensar em formas de um engajamento conjunto, ativo e consciente.

Sejamos todos fiscais da natureza somando forças com os povos da floresta.

É fácil participar!

Indique o Nanapini a empresas e pessoas que queiram neutralizar emissões de gases efeito estufa, gerados por suas próprias atividades, por uma empresa, ou evento específico.

Neutralize seu carbono com a Rede Povos da Floresta!

Divulgue nosso site para amigos: www.redepovosdafloresta.org.br

Faça uma doação: mande um email para contato@redepovosdafloresta.org.br e enviaremos os detalhes.

Ligue: 21.3114-2037 e 21.2239-4562

REDE POVOS DA FLORESTA

www.redepovosdafloresta.org.br

E-mail: contato@redepovosdafloresta.org.br

Deixe uma resposta