FILME

Um choque de realidade
(texto de Pedro Butcher, revista Cinemais)

Justiça, documentário de Maria Augusta Ramos, pousa a câmera
onde muitos brasileiros jamais puseram os pés – um Tribunal de Justiça
no Rio de Janeiro, acompanhando o cotidiano de alguns personagens. Há
os que trabalham ali diariamente (defensores públicos, juízes,
promotores) e os que estão de passagem (réus). A câmera
é utilizada como um instrumento que enxerga o teatro social, as estruturas
de poder – ou seja, aquilo que, em geral, nos é invisível. O desenho
da sala, os corredores do fórum, a disposição das pessoas,
o discurso, os códigos, as posturas – todos os detalhes visuais e sonoros
ganham relevância.

Sinopse
O documentário mostra o dia-a-dia do fórum por meio de flagrantes
da sala em que são realizados pequenos julgamentos de crimes não-escandalosos,
acompanhando de perto o cotidiano de uma defensora pública, um juíz/professor
de direito e um réu. Através de um universo institucional extremamente
fechado o filme registra um choque de realidades.

(Brasil/Holanda, 2004, 100min., cor)
Melhor Filme no Festival Vision du Réel, Nyon, Suíça, maio/2004
Melhor Filme no Festival Internacional de Cinema de Bordeaux, França,
out/2004
Prêmio da Anistia Internacional no Festival Internacional de Documentários
de Copenhagen, Dinamarca, nov/2004
Menção Especial do Júri no Festival Internacional de Cinema
Documental de Lisboa, Portugal, nov/2004
Melhor Filme no Festival Internacional de Documentário de Taiwan, dez/2004

MOSTRA ACIE DE CONEMA

QUINTA FEIRA, DIA 10/03
ÀS 18:30h
SALA DE VÍDEO DO CCBB
R. 1º de março, 66 – Centro – Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 3808-2020
MOSTRA RIO 440°
QUARTA-FEIRA, DIA 23/03
ÀS 20:00h
INSTITUTO MOREIRA SALLES
Rua Marquês de São Vicente n° 476 – Gávea – Rio de Janeiro
– RJ
Tel: 3884.7400

Deixe uma resposta