"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

DOCUMENTÁRIO

Cartola
Documentário de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda

A história da vida e obra do Mestre Cartola não é apenas a história de um dos compositores mais importantes da música brasileira e também um dos expoentes mais nobres do samba carioca. É uma perfeita metonímia da cultura brasileira. Cultura de desamparo, pastiche, deboche e impunidade. Mas ao mesmo tempo a grande contribuição de lirismo, tolerância (até demais!) e diversidade para com as culturas clássicas dominantes. Há quem já tenha afirmado que o heroísmo só nasce meio à barbárie. Como o amor, meio à paixão. E o altruísmo, meio ao egoísmo.

Pois, em termos de nossa identidade cultural, vale ver neste singelo documentário, que a dignidade nasce do deboche, que a nobreza desse grande poeta lírico e urbano brasileiro nasce do escárnio dos que o trataram como um estafeta servidor de cafezinho, ou mesmo um flanelinha guardador de carros.

 
 

Mas nos salvamos mais uma vez por um triz, apesar da ignorância e insensibilidade de nossas elites. Escapamos por pouco de nossa condenação à mediocridade civilizatória: o Cartola semi-analfabeto compõe versos com metáforas camonianas, dentro da mais pura tradição do lirismo clássico português. Trata-se de uma confirmação da discutida tese do inconsciente coletivo. Ou alguém poderia imaginar metáfora tão arrojada como a “vida que é um moinho”? Ou a audácia de se queixar às rosas que não falam?

Falta um pouco de história neste documentário. Um pouquinho mais de contexto político e social diante da beleza poética. Como foi talvez considerado o próprio Cartola pelos demais artistas contemporâneos. Mais um exemplar de nossa tradição de artistas geniais, mas intuitivos e ingênuos. O que se revela uma pequena injustiça de apreciação estética imparcial. Pois a nobreza da vida de Cartola, patente em seus versos, deixa nua a mediocridade de nossas elites.

Vale a pena ver, rever e conferir, mas sobretudo ouvir!

http://adorocinema.cidadeinternet.com.br/filmes/cartola/cartola.asp

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.