AGÊNCIAS REGULADORAS

Ministério Público considera abusivas as tarifas bancárias

Esta é a questão que o Ministério Público Federal resolveu enfrentar e, para isso, acaba de abrir inquérito para apurar abusos na cobrança de tarifas bancárias e verificar se há omissão do governo no combate às práticas, consideradas abusivas, por parte das instituições financeiras.

Foi dado ao CMN um prazo de 30 dias úteis para que informe ao MPF as medidas adotadas para o cumprimento dessas recomendações. Para mais informações sobre estas e outras determinações do Ministério Público Federal, temos aqui na Voz do Cidadão um link direto para o portal da entidade, o www.pgr.mpf.gov.br. Clique aqui>>

Deixe uma resposta