"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

"Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam." Arnold Toynbee"O momento exige que os homens de bem tenham a audácia dos canalhas." Disraeli"Cidadãos moradores, eleitores, consumidores e pagadores de impostos, uni-vos pela plena cidadania!""Mobilizando a cidadania contra o populismo.""O que me preocupa não é o grito dos maus e sim o silêncio dos bons." Martin Luther King"Não basta aos cidadãos terem responsabilidade civil.""Não basta às empresas terem responsabilidade social.""Não basta aos governos terem responsabilidade fiscal.""É preciso o compromisso de todos com a responsabilidade política, expressão de uma verdadeira cultura de cidadania.""Mobilizando a cidadania pela reforma política.""As leis inúteis debilitam as leis necessárias." Montesquieu"A verdadeira administração da justiça é o pilar mais firme de um bom governo." George Washington"Para que o mal triunfe basta que os homens de bem se omitam." Edmund Burke"Não há poder maior que o de uma ideia cuja hora chegou." Victor Hugo"Mobilizando a cidadania pela transparência pública.""É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe." Epíteto"Onde não há lei, não há liberdade." John Locke"As instituições do Estado e seus agentes devem servir sobretudo ao interesse público. Em caso de conflito de interesse entre cidadãos e governantes, devem servir mais aos primeiros que aos segundos.""Se um cidadão invoca a cidadania em defesa de direitos, seus deveres não podem ser ignorados." T.H. Marshall"Mobilizando a cidadania contra a demagogia." "Qualquer homem que dispõe de poder é levado a abusar desse poder; e irá até onde encontrar limites." Montesquieu"E sem saber que era impossível, ele foi lá e fez." Jean Cocteau"Nunca duvide que um grupo de cidadãos comprometidos e atuantes pode mudar o mundo." Margaret Mead"Mobilizando a cidadania contra a impunidade e a ilegalidade.""Para além de direitos, o maior dever do cidadão é formar outro cidadão.""Mobilizando a cidadania contra a imoralidade política.""O jornalismo pode e deve ter um papel no reforço da cidadania, melhorando o debate público e ressuscitando a vida pública."

A atuação de Juliette Binoche consegue tornar a protagonista convincente

A vida de outra mulher, de Sylvie Testud

Marie acorda no dia do seu aniversário de 41 anos com memórias e experiência de vida de apenas 25. Aos poucos, ela vai descobrindo que se transformou numa pessoa egoísta e autoritária, cujo casamento – com seu amor de juventude – está à beira da falência.

O filme francês “A vida de outra mulher” retoma essa situação de base, inspirada no romance de Frédérique Deghelt, e a deixa menos melosa e mais complexa do que em filmes americanos recentes, tais quais “Como se fosse a primeira vez” (2004) e “Para sempre” (2012). Dirigido pela atriz e escritora Sylvie Testud, o longa conta a história de Marie, uma mulher que acorda no dia do seu aniversário de 41 anos com as memórias e a experiência de vida de quando tinha de 25. E, pior, à beira de se divorciar do homem que amava na juventude.

A atuação de Juliette Binoche consegue tornar a protagonista convincente, e o público acompanha com interesse sua descoberta da pessoa na qual se transformou com os anos: uma mulher de negócios bem-sucedida, egoísta e autoritária; uma mãe sem tempo para o filho; uma companheira que despreza o marido. O talento da atriz sobressai nas cenas em que Marie tenta, sincera e divertidamente, mudar sua relação com os mais próximos e com o mundo. O espectador mais distraído chega a esquecer as facilidades do roteiro na resolução de conflitos.

A perda da memória é tema recorrente no cinema e particularmente atraente em histórias de casais: trata-se de um enredo eficaz em narrativas que visam recuperar a vitalidade de um amor que se desgastou na rotina dos dias. Recupera-se a paixão dos primeiros tempos sem passar pelas dores e angústias de um enfrentamento com o parceiro ou de uma separação. O frescor do desejo de um termina por provocar o interesse do outro.

Para assistir ao trailer oficial do filme, clique aqui.

Para acessar o site oficial, clique aqui.

Deixe um Comentário

Você precisa fazer login para publicar um comentário.