Neste seu último post Bernardo Künster analisa a queda da credibilidade da grande mídia e o correspondente advento das redes sociais que, com ou sem fakenews, passa a ser o principal meio de informação e formação política do cidadão comum. Como credibilidade é a proposta primeira para os meios de comunicação que precisam de audiência para viabilizarem seus custos, a discussão tente a esquentar muito mais.

Deixe uma resposta