Doutrina dizia que o comércio deveria ficar subordinado ao Estado

(662)

Deixe uma resposta